5 dicas para comprar terreno sem preocupações

Tanto para quem deseja aplicar seu dinheiro de forma rentável e segura quanto quem espera construir a casa ideal para viver com a família, investir em terrenos é uma ótima opção. Porém, escolher o melhor terreno não é simples. É preciso atenção a alguns detalhes que não ficam tão claros como em uma casa.

Ao comprar uma casa pronta, por exemplo, há uma série de itens que podem ser observados pelo comprador durante as visitas – acabamento, rachaduras, problemas no piso ou em azulejos, por exemplo –, em um terreno, as observações devem ser feitas por engenheiro civil, agrimensor. De qualquer forma, comprar um terreno para construir acaba sendo um excelente negócio, já que os custos podem ser até 50% inferiores que comprar uma casa finalizada. [Veja mais vantagens de construir a própria casa!]

Veja as melhores dicas para comprar terrenos

Como em qualquer outro negócio, é preciso tomar alguns cuidados para não cair em nenhuma cilada e evitar problemas futuros.

1 – Pesquise sobre a empresa

Antes de visitar o terreno, pesquise sobre os negócios da empresa ou do proprietário. Hoje, com a internet, é rápido encontrar informações a respeito de empresas ou de pessoas físicas, saber da sua idoneidade, se há processos contra e qual a maneira que lidam com os clientes e os negócios. Somente feche negócio se confiar no vendedor.

2 – Conheça o loteamento ou bairro

Ao visitar o terreno, ande pelo bairro, dirija até os pontos principais e conheça a dinâmica da região e da vizinhança. Leia o plano diretor do bairro para saber das perspectivas de desenvolvimento e esteja ciente da infraestrutura, da segurança e da disponibilidade de serviços básicos, como coleta seletiva e rede de esgoto. Em caso de optar por um terreno em loteamento, verifique detalhadamente a documentação (licenças e aprovações para construções) no Cartório de Registro de Imóveis.

comprar terreno

3 – Confie a avaliação do terreno a um profissional de confiança

Além de contar com a consultoria de um corretor, o ideal é que – em pelo menos uma das visitas ao terreno – você tenha a companhia de profissionais capazes de analisar a topografia, o solo e a vegetação do terreno e seu entorno e verificar quais as possibilidades as restrições para a construção. Quanto mais detalhada for a avaliação e os pré-projetos, menores serão as chances de você se arrepender do negócio.

4 – Verifique a documentação e os registros

Saiba qual a situação do terreno, confira escritura, registro, matrícula e veja se os impostos estão em dia e se há alguma pendência judicial, como penhora ou outro gravame. Não compre terreno irregular, mesmo que haja a promessa de regularização imediata!

5 – Desconfie de preços muito baixos

Pesquise valores-base de tabelas regulatórias, como a Fipe, da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, e desconfie de valores muito abaixo do mercado, pois as chances de haver problemas com o terreno são bastante grandes. Afinal, o proprietário dificilmente fará negócio para perder dinheiro. Por isso, falamos novamente do quão fundamental é avaliar o terreno, tanto durante as visitas quanto ao avaliar a sua situação judicial e na prefeitura.

Quer construir no lugar certo?

Conheça o REAL PARQUE