Morar próximo à praia é um privilégio de muitas pessoas que nasceram ou que escolheram viver Florianópolis. Entre inúmeros benefícios à saúde, como a manutenção dos níveis de vitamina D, morar perto do mar diminui o estresse e os casos de depressão. Os ganhos em felicidade e qualidade de vida para quem opta por construir uma casa na praia são incontáveis, no entanto, é preciso tomar alguns cuidados quanto ao projeto e à escolha dos materiais, para aproveitar melhor o espaço, aumentar a vida útil da construção e evitar futuros problemas.

DICAS PARA QUEM VAI CONSTRUIR CASA NA PRAIA

# 1. A escolha do terreno

Terrenos próximos à praia podem estar situados em áreas de preservação ambiental (APAs) – onde construções são restritas, devendo ser submetidas a diversos estudos de impacto ambiental, o que aumenta significativamente os custos – ou em áreas de preservação permanente (APBs) – onde construções são proibidas.

Muitos terrenos “de praia” apresentam divergências quanto às escrituras, por isso, a atenção à documentação deve ser redobrada. Não feche negócio antes de conferir todos os registros e escrituras no Cartório de Registro de Imóveis do município.

Após verificar a documentação e a viabilidade, é importante observar aspectos gerais do terreno, como: composição e tipo de solo; metragem e posição solar; aclives e declives; histórico de alagamentos etc.

# 2. Pisos, paredes e telhados

Para áreas internas, aposte em porcelanato com proteção antimanchas e riscos, ou madeiras tratadas contra umidade e maresia. Nas áreas externas, pedras e tecnocimento apresentam excelente resistência a riscos e impactos, por isso são ideais para locais com bastante circulação.

Para as paredes externas, prefira tintas específicas, com base elastomérica e acabamento emborrachado, que são mais resistentes, laváveis e duráveis. Paredes internas precisam de uma atenção especial contra mofo e umidade.

As telhas podem ser de cerâmica, de concreto, de fibrocimento (sem amianto), mas o ideal é que recebam tratamento contra ações da maresia e da areia. Uma camada de verniz acrílico ajuda a aumentar a vida útil das telhas e a mantê-las limpas por mais tempo. Para quem deseja uma casa mais sustentável, telhado de argila expandida e telhado verde garantem conforto térmico com baixo impacto ambiental.

# 3. Aberturas e esquadrias

Por mais elegantes e bonitas que sejam as esquadrias em madeira, o tratamento dado a elas precisa ser bastante minucioso e demandam manutenção regularmente. As dobradiças e puxadores devem ser de inox.

O alumínio anodizado ou com pintura eletrostática e o PVC são bem resistentes à corrosão, de fácil limpeza e manutenção e garantem excelente vedação.

# 4. Estrutura

Sabemos que o ferro é o metal que mais sofre corrosão pela maresia, assim, é fundamental revestir e proteger corretamente toda estrutura da obra. Do mesmo modo, as demais estruturas metálicas, como o aço, merecem atenção especial. Verifique a possibilidade de trocar a estrutura de ferro e aço comum por aço patinável ou por madeira.

# 5. Demais elementos

Piscina

Opte pelas de vinil ou de fibra de vidro, que são mais fáceis de instalar e de mais simples manutenção. Cuide com o uso de protetores solares, que podem saturar o filtro e prejudicar o motor.

Chuveiro externo

Com ou sem piscina em casa, ter um chuveiro externo facilita no dia a dia, evitando que as pessoas entrem com areia da praia ou com sal da água do mar em casa.

Depósito para pranchas, caiaques e outros equipamentos

Quem pratica esportes como surf e canoagem sabe quão importante é manter os equipamentos bem cuidados e protegidos. Para essas pessoas, construir um depósito externo é o ideal para manter pranchas e equipamentos limpos e em segurança sem ter que levá-los para dentro de casa.

Já tem um projeto dos sonhos para construir sua casa? E o terreno perto da praia? Conheça os benefícios de construir sua casa no bairro planejado Real Parque – Novo Norte e viva perto da praia e de tudo que é importante para você.

casa na praia

Quer construir no lugar certo?

Conheça o REAL PARQUE